quarta-feira, 1 de setembro de 2021

Bacalhau gratinado no forno

 


Ingredientes

– 3 dentes de alho
– 2 cenouras
– 1 alho-francês
– 1kg de batatas-doces
– 500g de bacalhau (desfiado, demolhado)
– 100g de queijo ralado
– 6dl de leite
– 1,5 dl de azeite
– Salsa (picada), q.b.
– Óleo para fritar, q.b.

Para o molho


– 60g de farinha
– 60g de margarina
– Pimenta, q.b.
– Sal, q.b.

Modo de Preparação

– Leve um tacho com o leite ao lume. 

– Adicione o bacalhau desfiado. Aguarde que ferva.

– Desligue o lume. Escorra o bacalhau, mas reserve o leite.

– Descasque as batatas-doces. Lave-as e corte-as em cubos.

– Frite os cubos em óleo, até estes estarem douradinhos.

– Retire os cubos e escorra-os.

– Ao alho francês, remova a parte verde.

– O restante corte em rodelas finas, lave-as e escorra-as.

– Descasque as cenouras, lave-as e rale-as.

– Descasque os alhos, lave-os e pique-os.

– Leve um tacho ao lume com o azeite.

– Depois deste aquecer, junte os alhos.

– Deixe que cozinhem até ficarem dourados.

– Junte o alho francês e a cenoura. Envolva bem tudo.

– Deixe que cozinhe até que o líquido se evapore.

– Posteriormente, junte o bacalhau desfiado. Envolva-o com o restante.

– Adicione as batatas fritas, envolva-as bem e tempere com sal e pimenta.

– Pré-aqueça o forno a 200°C.

– Prepare o molho, levando um tacho com margarina ao lume.

– Depois desta derreter, junte a farinha, mexendo bem sem retirar o tacho do lume.

– Junte, posteriormente, o leite (em que cozeu o bacalhau), mexendo aos poucos.

– Vá mexendo sempre até ficar um creme liso.

– Tempere com sal e pimenta.

– Junte ao preparado do bacalhau metade do molho. Mexa bem.

– Acrescente um pouco de salsa picada. Mexa novamente.

– Deite para um tabuleiro e espalhe.

– Cubra com o resto do molho.

– Polvilhe com o queijo ralado.

– Leve ao forno pré-aquecido por 20 minutos.

– Retire e sirva quente, polvilhado com mais salsa picada. 

 

 

@daqui

quarta-feira, 25 de agosto de 2021

Queques de Laranja

 




Ingredientes 

125g de açúcar
150g de farinha
1 clh chá de fermento em pó
sumo e raspa de ½ laranja
3 ovos
6 clh sopa de leite
150g de margarina derretida
1 clh de sopa de rum
laranja cristalizada picada q.b.

Preparação

Numa taça ponha a farinha, o açúcar, o fermento em pó e a raspa da laranja. Misture tudo e abra ao centro da mistura uma cavidade e deite nela os ovos.
Mexa muito bem e junte em seguida o leite, a margarina, o sumo de laranja e o rum. Bata muito bem a massa e deixe-a descansar cerca de 30 minutos.
Encha as formas até meio, salpique com laranja cristalizada picada e leve a cozer em forno bastante quente durante 30 minutos.

terça-feira, 17 de agosto de 2021

A Princesa do Tâmega....Amarante

 


A bonita cidade de Amarante é uma das jóias do Norte de Portugal. Banhada pelo rio Tâmega, é como uma encruzilhada, para onde confluem a história, as tradições e a natureza, proporcionando, para lá das suas fronteiras, a descoberta do Douro, do Minho, de Trás-os-
Montes e das Terras de Basto, com as quais faz fronteira.


Amarante possui, também, uma das mais belas pontes portuguesas, robusta nos seus arcos graníticos, que constituiu durante séculos (mesmo antes da data de 1790 que ostenta) ligação fundamental da cidade do Porto com a região de Trás-os-Montes. Ponte heroica, é recordada pela defesa que as tropas do general Silveira nela fizeram, em 2 de maio de 1809, contra os invasores franceses. Parte da cidade ardeu, aliás, nesse ano, aquando do cerco pelos franceses do marechal Soult.

 


Descobrir Amarante é uma aventura que apetece viver! Aqui, a História pode ser lida em cada recanto, cada lugar, cada monte. Se procura arte e cultura, o percurso faz-se pela cidade, com passagem obrigatória pelos museus de Arte Sacra e de Amadeo de Souza-Cardoso; pelas Igrejas de S. Gonçalo, S. Pedro e S. Domingos e outros exemplares do barroco e do românico, espalhados pelo município. 

Se o seu fascínio é a natureza, então o destino é as Serras do Marão e da Aboboreira, que oferecem paisagens de sonho, trilhos encantadores e aldeias de xisto e granito ricas em tradições. O rio é o Tâmega, «rio divino do sagrado vale», no dizer de Teixeira de Pascoais. Vem de longe, dos lados de Chaves, e corre até ao rio Douro. No seu percurso, dá corpo a uma inconfundível paisagem de vales idílicos e de águas límpidas descendo pelas levadas. 

 



Amarante é uma placa giratória a proporcionar a descoberta do Minho, de Trás-os-Montes e das Terras de Basto, com as quais faz fronteira geográfica. Proporciona, também, a descoberta do Douro de dois modos: fica a 30 km da Régua, centro económico da região do Alto Douro Vinhateiro, e está ligada pela Linha Férrea do Tâmega à estação da Livração, na Linha do Douro. 

Por outro lado, está a uma distância de 60 km do Porto. No seu centro, ostenta mansões do século XVII com varandas de madeira pintadas em cores garridas ao longo das ruas estreitas e restaurantes e pastelarias com terraços sobranceiros ao rio.

Tavira....um oásis na região algarvia

 


Tavira, a capital portuguesa da Dieta Mediterrânea, é uma pequena cidade na costa algarvia de Portugal.

Estende-se ao longo do rio Gilão, que chega ao mar através das entradas das lagoas do Parque Natural da Ria Formosa.

A Ilha de Tavira conta com 11km de praia de areia branca, e salinas que atraem flamingos, colhereiros e outras aves pernaltas.

No centro, o castelo medieval de Tavira oferece vistas para a cidade.


A Igreja de Santa Maria do Castelo alberga os túmulos de 7 cavaleiros mortos pelos mouros.

Por ser cortada pelo rio, é conhecida por ser a Veneza do Algarve. Por fugir ao padrão de turismo de massas típico da Região onde se insere, e conservar a sua traça antiga, Tavira é um oásis na região algarvia que merece sem dúvida ser explorada.

 


 

 Fonte das fotos: https://www.algarvetips.com

segunda-feira, 16 de agosto de 2021

Bolinhos de Canela e Limão

 




A quantidade de Bolinhos de Canela e Limão vai depender do seu tamanho e no meu caso preferi não os fazer muito grandes. Usei a máquina do pão para os amassar, porque facilita muito a sua preparação.

INGREDIENTES


250 gr de açúcar;
150 ml de leite;
1 ovo + 1 ovo para pincelar;
50 gr de manteiga à temperatura ambiente;
25 gr de fermento de padeiro;
400 gr de farinha sem fermento;
300 gr de farinha com fermento;
1 colher de café de canela;
raspa de 1/2 limão;
1 pitada de sal;
papel vegetal.

PREPARAÇÃO


Na cuba da máquina de fazer pão coloque o leite, 1 ovo, a manteiga, o açúcar, a canela, a raspa de limão, a pitada de sal, a farinha com e sem fermento e o fermento de padeiro. Programe a máquina para “Pasta de Massa”. Quando o programa terminar repita o processo. Depois escolha o programa “Massa”. Entretanto forre um tabuleiro com papel vegetal. Quando a massa estiver pronta retire porções, faça bolinhas e coloque-as no tabuleiro. Bata 1 ovo com um garfo, pincele as bolinhas e deixe-as levedar. Aqueça o forno a 180ºC e coza os bolinhos.

 

Fonte:https://www.amesacomaziza.com






Esta é a receita do Bolo de Bolacha tradicional com o creme de manteiga....uma delicia!

 


Deve ser servido bem fresco, por isso prefiro fazê-lo de véspera. Para demolhar as bolachas gosto de usar café forte feito na cafeteira. Quando for demolhar as bolachas o café deve estar à temperatura ambiente, porque se estiver quente vão-se desfazer.

INGREDIENTES


400 gr de bolacha maria;
4 gemas;
250 gr de açúcar;
250 gr de manteiga à temperatura ambiente;
café forte.

PREPARAÇÃO


Bata a manteiga com o açúcar e as gemas até obter um creme fofo. Coloque uma camada fina de creme no fundo do prato de servir. Passe as bolachas uma a uma no café e coloque-as no prato, dando-lhe o feitio de uma flor. Espalhe uma camada de creme sobre as bolachas e repita a operação até acabar as bolachas. Depois barre o bolo com o restante creme e enfeite a gosto. Leve ao frigorífico até ao momento de servir.

 

Fonte:https://www.amesacomaziza.com

Torta Três Delícias

 




INGREDIENTES


10 ovos médios;
150 gr de açúcar;
150 gr de coco ralado;
1 1/2 colher de sopa de amido de milho;
2 colheres de sopa de mel;
100 ml de sumo de laranja;
raspa de 1 laranja média;
açúcar para polvilhar;
margarina para untar o tabuleiro;
papel vegetal para forrar.

PREPARAÇÃO


Unte um tabuleiro com margarina. Forre o fundo com papel vegetal e unte novamente. Aqueça o forno a 200ºC. Misture o açúcar com o coco e o amido de milho. Junte o mel, os ovos, o sumo e a raspa de laranja. Bata até todos os ingredientes estarem bem incorporados. Coloque o preparado no tabuleiro e leve ao forno. Quando deixar de estar líquida retire-a do forno e deixe repousar 2 minutos. Entretanto, polvilhe um pano com açúcar. Desenforme, retire o papel vegetal e enrole. Deixe arrefecer a torta e só depois retire o pano. Coloque-a na torteira e sirva.

 

Fonte: https://www.amesacomaziza.com